terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Pra quem queria saber das férias

Uma das engraçadas.
A guia do city-tour por Recife e Olinda (ó, cidade mais linda), Olga, deusolivre se chamá-la de dona, estava contando como se dá bem com todo mundo.
- Olha só. Aqui tem paranaense (nós), mineiro, catarinense, italiano, e a gente se dá bem, porque todo mundo gosta daqui, eu amo minha terra, adoro meu trabalho, mostrar as nossas belezas...
Daí um dos turistas pergunta:
- E baiano?
Olga, prontamente:
- Ah, não, baiano a gente manda matar.
Depois complementa.
- Se eu sei que tem excursão de baiano, não faço. Baiano só vem pra cá pra desaforar. Falar que as praias deles são mais lindas, que a comida deles é melhor, que o céu deles é mais azul.
Outra da Olga.
- Nordestino não é pequeno, é concentrado.

2 comentários:

Josianne disse...

Manda mais, manda mais, histórias do Nordeste.

Tina Lopes disse...

Ih, Jô, deixa pra lá.