sábado, 7 de maio de 2011

Home Office, prós e contras

Prós
- Dá pra trabalhar de robe e pijama o dia todo.
- Mais tempo com a família.
- Obriga o profissional a ter disciplina e organizar seus próprios horários
- Você vê o dia passar - sol, chuva, passarinhos pousam na roseira ao lado da janela etc. Vai lá fora espreguiçar, come uma mexerica no banco do jardim etc.
- Cuida dos bichos de estimação enquanto trabalha
- Economiza em estacionamento, almoço, lanche, café, gasolina etc.



Contras
- De pijama e robe, o vizinho ou o motoboy da empresa ou alguém aparece às 15 h e você morre de vergonha.
- Mais tempo com a família: você está no meio da entrevista importante com executivo e a filha irrompe pela sala transformada em escritório pra mostrar que a gata a arranhou. Ou marido e filha estão jogando bola nos fundos e os gritos tiram todo o ar profissional que você tenta impor à secretária do entrevistado.
- Disciplina e organizar os próprios horários é a parte mais difícil do trabalho se você não é um virginiano ortodoxo.
- Bichos de estimação pulam no colo e miam em horas impróprias (o tal executivo da alta ao telefone). Ou então você leva a filha na escola (item 2) e quando volta, vê que a gata mais tonta ficou com o pescoço preso no portão eletrônico, quase morrendo enforcada, você demora 10 segundos para achar o controle remoto, de nervosismo, a gata parecendo uma nuvem de pêlo preto desesperada, ganindo como cachorro velho, daí você abre o portão e ela foge pelo bairro, você anda feito louca pelo bairro chamando a gata enquanto deveria estar a postos para receber o retorno telefônico daquele executivo que vai abrir uma brecha na agenda durante uma feira internacional, mas você está lá atrás da gata, não acha, pensa que ela deve ter morrido, volta pra casa, arrasada, e uma hora depois a gata aparece, você corre pra veterinária e no fim acaba tudo bem. E o executivo nem ligou.
- Lá se vai, na conta da veterinária, a economia da semana em estacionamento.


True stories.

8 comentários:

Luc de Sampaio, Lente Aberta disse...

ou seja, para trampar em home office de boa, não tenha filhos nem pets ;)

Rita disse...

Eu quero. Home office, quero muito.

Anônimo disse...

pesando, tem mais contras que prós hehehehehe tomara que vire tendência, quero também home office.
bjs
madoka

Suzana Elvas disse...

Eu só resolvi o problema do meu home office e me livrei de cachorros & vizinhos barulhentos quando montei meu kit desemprego na melhor sala comercial do Rio de Janeiro. Fica ao lado da Pensão da Vovó (a mais barata, limpinha e honesta da cidade) e da Creche & Day Care da Vovó, e tem os mesmos donos: meu pai e minha mãe.

chaverdecomlimao disse...

Eu não consigo trabalhar em home office. Não tenho disciplina! Preciso preparar meu espírito pra trabalhar. Ou seja: tomar banho, tomar café, me vestir e sair. Se não fizer isso, pra mim é final de semana. E aí, durmo até tarde, não tomo café, vira tudo uma bagunça! Bem feito pra mim! Ninguém manda eu ser tão desorganizada!

ditavonclaire disse...

na real, gata, em casa ou no escritório, é aquilo que eu sempre digo: trabalho é trabalho. fácil é miojo.

Patricia Scarpin disse...

Mesmo com gata enforcada eu gostaria. :D

Jan disse...

Esta é a melhor descrição q eu já li da minha própria vida. Seja benvinda à estas doces agruras... Eu ainda acho q vale a pena - principalmente quando dá prá tomar banho às 3 da tarde nos dias + frios do inverno.