domingo, 17 de julho de 2011

Aprendizado difícil

Ainda sobre o casamento: Nina ficou horas no salão, descacheando e cacheando os cabelinhos. Pra se arrumar mesmo, foram dois minutos. Além de toda uma arquitetura nos cabelos, que eu fiz questão de simplificar, ainda queriam maquiá-la. Imagina, uma criança com blush, sombra, batom. Só deixei passar um gloss transparente e olhe lá, por causa do efeito dos flashes, mesmo, que se forem fortes demais deixam o rosto brancos e sem expressão.

A certa altura, de saco cheio da demora do penteado, Nina suspira longamente e me pergunta:

- O que será que o Ricardinho tá fazendo a essa hora?

- Deve estar brincando.

- *suspiro*


Aí todas as mulheres passavam por ela e diziam: "é, ser mulher é assim, é difícil". Mas ela sabe que não precisa ser assim. Que ela não precisa disso.

5 comentários:

Cam Seslaf disse...

Sua filha. Ela sabe.
Ah, as coisas que dizem para as nossas meninas...

Lálika S. disse...

Não precisa mesmo. Nina rocks!

Verônica disse...

as pessoas dizem essas coisas para menininhas e depois reclamam das mulheres alteradas. esquecem o poder que as palavras têm.

Mari Biddle disse...

Eita, que Nina ficou mais linda!

Eu acho meio crueldade crianca daminha pq as presilhas doem no couro cabeludo, espetam, o vestido coca, da trabalho tirar para ir ao banheiro...e ainda tem tiazinha dizendo que mulher eh assim mesmo, va se acostumando etc. Ainda bem que Nina tem mae pra dizer que nao precisa ser assim nao etc.

Bjs

Deh disse...

Me emputeço com isso de "pra ficar bonita tem que sofrer". Pessoa fala isso e eu penso "sofre tu aí, de bunda apertada na calça, de dedo espremido no sapato de salto com bico fino e acordando cedo pra passar chapinha. Eu sou bonita sem isso tudo, rá". Judieira começarem a incutir isso tão cedo nas meninas.
Mas a Nina é uma liiinda de qualquer jeito :D