quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Dia 15: Melhor Horizonte (fotografia inesquecível)

Não sou uma pessoa lá muito chegada à natureza. Já tive minha cota de mato, vaca, vida bucólica suficiente para o resto da vida. Tanto na vida quanto no cinema, gosto de paisagem urbana (poderia até citar aqui algumas cenas dirigidas por Woody Allen). Por isso nem ligo de viajar e passar férias onde há inverno: meu turismo é indoor, não é de paisagem. Mas tem um filme - UM - que me despertou a vontade de conhecer um lugar somente por suas paisagens. Indochina, além de cenas lindas nos rios e florestas do Vietnam, ainda tem Catherine Deneuve espetacular em sua beleza e talento maduros. O trailer não faz jus.





Mas vou dar uma trapaceadinha e lembrar de outro título que por acaso tem como "mocinho" o mesmo Vincent Perez de Indochina: A Rainha Margot. Este traz outra diva francesa, Isabelle Adjani, e tem a que acredito seja a melhor recriação de época que já vi. Pelo menos, a que mais me impressionou. O massacre da Noite de São Bartolomeu é fantástica e cruel. O casamento à força em Notre Dame é inesquecível. Mas é uma fotografia sem horizonte. Outro filme que vou retirar logo da biblioteca da Aliança Francesa: fiquei com saudade de rever ambos.


3 comentários:

Luciana Nepomuceno disse...

Indochina é uma delícia pros olhos, pro sentir. E Rainha margot é um deslumbre. E as divas francesas arrasaram neste post ;-)

Augusto disse...

Difícil... mas escolho "Dersu Uzala" de Kurosawa como o filme dono da melhor fotografia do cinema.

trombone com vara disse...

Acabo de rever "PASSAGEM PARA A INDIA". David Lean era o cara. Tem umas cenas com um trem passando pelas montanhas e pelos rios, que são de tirar o fôlego.