segunda-feira, 30 de março de 2009

Pós-pós

A primeira aula de pós foi de oratória. Sim, Oratória. Um dia inteiro de aula de oratória.
O professor já me deu aula, de cursinho, 21 anos atrás. Ele usou esse fato ('viram como ela lembra de mim?') para demonstrar como é importante se posicionar bem no "palco" para ser lembrado. Eu lembro que ele foi o professor que não gostei no cursinho, porque era chato. E saiu no meio do ano, acho que demitido.
O título do power point dele era "Como se tornar um vencedor".
A próxima aula de pós será de oratória. Haverá um seminário. Escolhi o tema "comunicação virtual" ou algo do gênero.
A turma tem quase 40 pessoas. Destas, 99,5% mulheres. Desse total, 99,5% com 24 anos em média.
A coordenadora da pós interrompeu a aula pra dizer que a sala de aula era outra, que já estava expulsando os alunos daquela sala que seria a nossa. Estava errada, expulsou os alunos à toa.
Daí ela foi passar o cronograma de aulas e errou todas as datas. Botou aula em feriado e tals.
Ela contou que já houve uma turma daquele curso de pós, ano passado. E que não deu muito certo. Que tinha muito jornalista e "sabe como é, jornalista reclama mesmo". E que agora ela, que é jornalista, estava lá pra fazer as coisas acontecerem e qualquer reclamação era direto com ela.
Depois do intervalo tivemos uma atividade de interação. Pras apresentações. Cada uma riscava um fósforo e falava sobre si mesma enquanto o fogo durasse.
O professor de oratória dizia coisas como "estou muito feliz de estar aqui aprendendo com vocês".
Ao se despedir, mandou "um beijo no coração" de cada uma. E pediu que mandássemos power points fofos pro e-mail dele, que ele gosta.

Um sábado inteiro de sol e R$ 225,00 perdidos. Eu já desisti e não volto mais.

12 comentários:

Cinthya Rachel disse...

ninguem merece titina! beijo no coração de professor, afe... medo

Rubão disse...

Da próxima apresentação com palitos de fósforo, diga que se sente estranhamente atraída pela idéia de atear chamas em quem manda beijos no coração.

Insiste, Tina. Uma hora a maré pode virar.

Abraço,
r

Tina Lopes disse...

Cin, medo e desgosto.

Rubão, eu falei de mim e o fósforo não apagava. Daí eu disse que era ex-fumante e que acender fósforos me dava vontade de fumar de novo. Daí um dos únicos alunos homens (são 2) me ofereceu um cigarro e todo mundo riu. Veja que a interação realmente funcionou 'a nivel de' relaxamento, hohoho. Mas eu não dou chance não, nem pra filme ou livro que começam mal, muito menos pra aula que me ocupa o dia todo. Bjk.

Dagwood disse...

É... são muitos indicadores para fazer vc sair correndo para bem longe, tipo, para a Nova Zelândia.

Não sem antes, claro, transformar a aula num capítulo de 6ª Feira 13.

Srta.T disse...

Ah, continue. Nem que seja pelo prazer de tumultuar.

Eu, pelo menos, continuaria: http://calmaqueficapior.blogspot.com/2007/02/please-allow-me-to-introduce-myself.html

Tina Lopes disse...

Srta. T, adorei o link. Quero ler a continuação, mas hoje tenho serviço de preso pra fazer. Mas eu não tenho seu, digamos, desprendimento. Quando uma coisa me decepciona, seja livro, filme ou pós, eu só consigo largar. Bjk.

lola aronovich disse...

Que horror essa descrição, Tina! Quer dizer que eles conseguiram errar TUDO? O título do powerpoint, "Como se tornar um vencedor", já começou muito mal. E o beijo no coração e tal... Mas são várias disciplinas, né? E só essa será com o mesmo prof. do cursinho. Quem sabe as outras não são melhores? (TEM que ser. Não é possível que o nível de pós esteja assim). Insiste mais um pouquinho.

Tina Lopes disse...

Exato, erraram tudo. Eu acho que o nível é esse mesmo. E olha que a instituição é federal. Meu marido, quando organiza e dá aula de pós na universidade privada em que trabalha, capricha. Nesta em que fui, parece que sentaram na logomarca e você tem que achar bom só por estar lá. Não volto não.

Srta.T disse...

Ih, tem continuação não. Como fazia parte de um programa imposto pela empresa, tive que fazer, mas foi uma bela merda. Não acrescentou nada.

Mas no seu caso não valle a pena esperar, ver na ementa sobre outras matérias e tal? De repente tem algo que vale a pena, e essa aula foi uma infeliz exceção.

Anne disse...

Chatice isso da pós. Uma amiga começou uma no ano passado e desistiu também. Confusão de dias, horários e aulas.
Parece que a febre de ter pós e todo mundo precisar fazer, criou uma fábrica de "cursinhos" chinfrins mesmo.
Beijos,
=^.^=
Ah, e a Nina e a Mimi como estão?

cris disse...

como dizia meu éks-primeiro-marido, esse professor aí do 'beijo no coração' é uma barrigada perdida. volta não, tina. compra um vestidinho na zara com esse dinheiro, vai te deixar bem mais feliz. bjs!

Tina Lopes disse...

O eks tá certo. Volto é nunca.