quarta-feira, 22 de abril de 2009

Eu tava comentando no Twitter (falando sozinha, portanto) que todas as pessoas que conheço que lêem horóscopo são homens. Acho isso divertido, porque eu realmente nunca me interesso de saber nada sobre meu signo. Mas tanta gente indicou este site aqui, e lá eu gostei bastante da versão poética para minha pobre balancinha. Olha só. Do Carpinejar.

LIBRA 23/9 a 22/10

* Uma árvore é enterrada de pé. Como uma guitarra.

* O sobrenatural é a rotina. Repetir tudo exatamente igual não é fácil.

* A feição envelheceu com unidade. Até os óculos acompanharam.

* O que eu vou ser quando crescer é o que não tive tempo de fazer na infância.

* A poesia é como os pedais do piano, o leitor presta atenção nas mãos do pianista.

* Há dois tipos de ex-mulher. A que torna todas as escolhas futuras erradas depois da separação e a que torna todas as escolhas futuras acertadas depois da separação. O resto é poesia ou Vara de Família.

Fabricio Carpinejar.


Essa da ex-mulher eu não peguei, confesso. Italizei aquelas com as quais me identifiquei. Mas isso não vai me fazer acreditar. Talvez eu siga o tal do Acuio no twitter e olha lá.

3 comentários:

Dagwood disse...

Fui ver. Gostei de dois dos meus (Capricórnio):

* "Procuro uma rua sem saída para subir os olhos."

* Sobre o surgimento de Adão: "como pode um homem sem infância?"
Mas o pior foi ver Walter Mercado no cabeçalho do blog parceiro. "- Ligue djá!"- Agh!

cris disse...

buááááá, eu não conto como interlocutora, snif!! e olha que eu respondi *exatamente* esse post do twitter. aaahh, minha vida deixou de fazer sentido, pronto. [e sobre as ex: a que torna todas as escolhas futuras erradas é aquele caso de separação quando os dois ainda se amam. tipo, se amam, mas não conseguem viver juntos. isso é poético, dá até pra virar literatura. a que torna as esolhas futuras acertadas é uma peste de quem ele se separou acertadamente e por quem irá pagar os pecados na vara de família. bom, eu tentei, vai, hehe]. bjs!

Alba Regina disse...

oi! duas coisas: eu tbm estou no twitter e é muito engraçada essa sensação louca de estar sempre falando sozinha. tipo uma variação de falar sozinha alto sem q ninguém te chamar de " q maluca. coitadinha..." e, eu descobri o carpinejar através da mary w. e fiquei boba! outro dia dei uma de fã e comentei com ele q queria ele como meu astrólogo particular. uma coisa o cara! é isso. beijo.