domingo, 23 de agosto de 2009

Reflexões inconsequentes

Então o Rubinho tira um monte de segundos e terceiros lugares, ganha uma corrida e ainda está no páreo pra vencer um campeonato. Faz favor. Isso me lembra o programa No Limite 1, lembra? Quando a gordinha que vivia encostada, não aguentava as piores provas, ganhou. Porque tava sobrando e foi ficando. Que coisa.

***

Leio teorias da conspiração. A imprensa tucana faz força pra Dilma parecer mentirosa porque é ligada ao Serra, que por sua vez vai entregar o petróleo do pré-sal às grandes corporações. Ora, não resta dúvidas que o tucanato é capaz de privatizar até a mãe e o fará, voltando à presidência. Agora, daí a pegar um episódio vergonhoso pra candidata do Lula e dizer que não existe porque a mídia tucana o criou, faz favor também. Dilma mente, Lula está sendo péssimo estrategista para a sucessão e a gente é que vai se ferrar de qualquer jeito. Com conspiração ou não.

8 comentários:

lola disse...

Tininha, não acho nem um pouco de exagero acreditar em teoria da conspiração quando falamos na mídia (tanto a brasileira quanto a venezuelana). Esse caso da Lina, pelamordedeus, né? A mulher não lembra nem o mês em que se deu a tal reunião, e o marido dela foi ministro do governo FHC. E na mesma semana a Folha publica dois artigos super ofensivos (dos seus colunistas) contra a Dilma, ao mesmo tempo em que a pesquisa Datafolha aparece errada e a Vox Populi nem é divulgada. Não parece coincidência demais? Não precisa nem acreditar em conspirações pra ver o que tá acontecendo. E a mídia vai continuar com factóides até as eleições do ano que vem, com direito a revelações surpreendentes bem nos dias de votação do primeiro e segundo turnos. Alguma dúvida? Enquanto isso, a mídia vai dizer que é totalmente neutra e imparcial e que qualquer crítica a ela equivale à censura. Eu conheço esse filme desde 89... e vc tb, Tininha!

Tina Lopes disse...

Realmente, desde 89, já vimos de tudo. Mas não podemos ficar cegos para os problemas que existem, além dos artigos e das teorias conspiratórias, no governo, em nossos candidatos e suas alianças.

asnalfa disse...

Acho que o Serra ganha. Duvido que vai ter homem votando em mulher.

Patricia Scarpin disse...

Eu fui pra cozinha porque não iria agüentar ver o Burrinho fazendo a sua tão famosa sambadinha.

Srta.T disse...

Concordo tanto contigo. Não consigo fazer vista grossa a essa sucessão de escândalos. Tô novamente sem candidato... quer dizer, a Marina ainda pode me surpreender. Espero que sim, porque tô doida pra votar em uma mulher.

Tina Lopes disse...

Asn, se não me engano, o eleitorado feminino é maioria, então se fosse assim, td bem. =)

Pati, isso aí é visão do inferno. Me nego.

T., também sou bem a fim de uma mulher pra variar um pouco, não pq ache que mulher tem outro feeling ou outro "jeito" - pq somos todos humanos, ou seja, a mesma merda - então também estou à espera de dona Marina. Vamos ver.

Haline disse...

Concordo com a Lola. Nem precisa de teoria da conspiração, a própria Lina tá perdida né? Não sabe nem quando foi uma coisa que ela mesma disse/acusou. Não dá pra entender. A estratégia do Lula, nesse caso, é corretissima, a Lina tem que provar o encontro e não a Dilma se defender. Sério, repara só nas manchetes do Globo, por exemplo, e vc vai ver que há uma manipulação descarada. Isso não inocenta, por ex, o Sarney (q detesto), mas mostra o qto o outro lado tá incomodado com a Dilma. Vai esse fogo cruzado até as eleições. Precisamos mesmo ficar atentos aos fatos e as manobras.

Tina Lopes disse...

Oi, Haline, concordo, desde que não percamos o senso crítico.