domingo, 21 de março de 2010

Finde

Dona Ana veio no sábado pra passar roupa acumulada e o ferro estragou. Compramos outro à tarde, junto com o GPS (que foi presente, só cheguei na hora de ver o pagamento). Daí que agora, domingão, sete da  noite, vou passar roupa. Passo só as facinhas, tipo as roupas da Nina, camisetas, calças, porque não sei passar coisas difíceis. Na verdade até sei, mas demoro anos. A dona Ana também não sabe muito se virar com as difíceis (vestidos, camisas masculinas), mas é rápida. E quem no século XXI ainda liga pra colarinho duro, ora.

Aula de corrida no mesmo esquema de sempre: chego estricnada, exagero no começo, passo meia hora me arrependendo e pensando em como desmarcar as próximas aulas. Ou seja, começo animadinha, desanimo e jogo os bofes pra fora no meio, daí me recupero e termino bem. Neste sábado o quadril (mais especificamente a ponta do fêmur roçando no osso do quadril) me doeu, e a canela também. Mas a culpa foi da  Nina, ou melhor, minha por fazer tudo que ela quer. Eu faço exercício atrás de casa, esteira, elíptico, à noite, e na hora de alongar ela quer fazer junto. Daí ela pede pra eu fazer o "avião". É aquele exercício de equilíbrio - você fica num pé só, reta, a outra perna dobrada como num 4, daí vai abaixando, jogando a perna suspensa pra trás, estica os braços e faz um avião; depois tudo de novo com a outra perna. Era um exercício da aula de body balance que eu fazia anos atrás (às sete da manhã, nem acredito, mas era bom demais), eu adoro porque nunca caio,  nunca me desequilibro, logo eu. Só que da última vez fez um crec. Até deu pra correr. Só no finalzinho tive que pedir arrego.

Quero fazer pelo menos uma corrida de 10 km neste ano.

E o que te acontece quando começa a fazer dieta a sério, com nutricionista, consultas e pagamentos semanais? Todo mundo faz aniversário. Mil pessoas vêm de todo canto do mundo e para elas são feitas recepções, despedidas. Todos os amiguinhos da escola fazem aniversário. Desde que comecei, não teve um sábado sem festa. Ontem foi jantar de um amigo muito querido (eu tinha esquecido e comprei presente na ultimíssima hora). Fez polenta com molho de galinha e radicci. Duas tortas de sobremesa: chocolate e nozes. E vinho. Comi e bebi o mínimo que pude. Certeza que já me estragou o andamento da semana. E dá-lhe desintoxicação, hoje.

A Nina nunca tinha comido melão, marido conseguiu escolher um bem docinho. Curtiu.

Meu GPS dá umas rotas meio ruins. Vou ler bem o manual pra ver como resolver isso.

Eu leio manuais.

6 comentários:

Caminhante disse...

Body balance. Só sei que não sou a única do mundo porque tem mais gente na minha turma.

carla disse...

Tina,
como é seu treino de corrida? Trote direto ou corrida 5 minutos -caminhada 1 minuto?
Também tenho essa mesma meta de correr 10 km até o fim do ano. Já corri uma de 5 km, não foi muito tranquilo não... Tenho aquelas dores no quadril e na canela que vc falou (a do quadril é chata pra caramba, né?!?!?). Depois que eu troquei de tênis (para um Nike) aliviou demais... Tem uma pomada da Natura que também alivia essas dores, se vc quiser te passo o nome direitinho depois.
Abraço,
Carla

deniseescreve disse...

Quando precisei fazer um super tratamento por causa de uma alergia, também foi assim: aniversários, churrascos e até casamento teve! Foram 3 meses sofridos e eu não podia nem dar uma escapadinha, que já ficava 3 dias me coçando...

Também quero correr 10km este ano. Hoje em dia consigo fazer meia hora de esteira e ainda, meio morrendo. Mas não vou desistir.

Tina Lopes disse...

Caminhante, vc ainda faz? Mim quer.

Carla, já viu que respondi no seu blog? Bjk

Dê, podemos combinar umas corridinhas.

carla disse...

Tina, a pomada da Natura é essa ó:
http://scf.natura.net/produtos/naturaekos/andiroba/ekosfluidodemassagemmuscular

deniseescreve disse...

Podemos! Pensei nisso ontem, sabia? Mas preciso ficar um pouco melhor ainda. Acho que daqui algumas semanas já to "boa".
=)