sábado, 25 de dezembro de 2010

Susto de Natal



A cada ano o Papai Noel, esse velhinho instável, distribui os presentes de um jeito. Numa noite os primos todos vêm e encontram os presentes sob a árvore de Natal, noutra vez ele só chegou de madrugada... depende muito da disponibilidade dos primos pra festa e outros detalhes. Anyway, neste ano Pops Noel decidiu vir à tarde, antes do início da ceia do dia 24, tocou a campainha enquanto Nina estava tomando banho e deixou os presentes sob a árvore logo depois que eu limpei a sala, imagina só. Enfim. Nina ficou boas horas rondando os presentes, lendo nas etiquetas pra quem eram destinados, impaciente porque a festa só começaria à noite. Trancou-se no quarto e saiu de lá correndo pra sala, com uma nova carta para o Papai Noel.
Arrepiei. Falei pra ela que àquela altura do campeonato não se fazia errata de carta com pedidos - coisa que já tinha dito na semana passada, quando se arrependeu  de não pedir o mesmo posto de gasolina que o primo Ricardinho também queria.
Ela disse que não era nada disso e que a carta era um segredo importante só entre ela e Noel.
Arrepiei de novo. Obviamente, logo que ela se distraiu, fui correndo ver o que ela pedia na nova cartinha.

Fui desdobrando devagar .

"Querido Papai Noel. Já que você tem mágica, faça que a minha mãe e o meu pai ....

QUASE INFARTEI!

que minha mãe e meu pai não briguem?
que não viajem?
que comprem outra coisa?
que tenham outro filho?
que sejam mais legais?

Oh. My. God.

... ME DEIXEM ABRIR OS PRESENTES.


7 comentários:

Caminhante disse...

Hahahahaha, que suspense!

Michele disse...

Nina, me fazendo rir ou chorar ou tudo junto, já faz muitos posts! Um bj Tina!

Bia, Desperate Housewife disse...

Hhahahaha, adoreeeeeeeeei!

Mari Biddle disse...

Ah, Nina, tu é demais!

Lu disse...

hahaha

Thiago disse...

O que seria da nós sem esta mágica inocência?

Patricia Scarpin disse...

Ela quer um posto de gasolina de brinquedo - amo tanto a molecagem da Nina. :)
E a carta de emergência? Ri horrores aqui. Mas o texto da cartinha foi a cereja do bolo. Amei.

Feliz Ano Novo, querida!
xx