sábado, 23 de julho de 2011

Amy

Sei da Amy uma historinha tão linda que já contei no twitter. Um amigo estava em Londres, sem grana, as coisas não estavam andando conforme seus planos. Foi com conhecidos a um pub e, chateado, baixou a cabeça na mesa e chorou. Sentiu uma mão suave no ombro e ouviu: "pare de chorar, não fique triste, vou cantar pra você". Era Amy Winehouse antes da fama, e cantou olhando pra ele.


É tão triste quando se diz que fulano "descansou".
Ler e ouvir julgamentos.
Dizerem que fariam melhor. Que fariam diferente.
Quem pode ter tanta certeza nessa vida?


Um link que vale a pena: http://networkedblogs.com/kMtQq

8 comentários:

Verônica disse...

ninguém pode ter certeza de nada. essa é a beleza e a desventura dessa vida que no final valerá a pena por momentos como esse que seu amigo passou.
cara, tô muito, muito triste.

lucila disse...

arrepiei aqui <3

Grazi disse...

E eu ouvi essa história sendo contada pelo próprio protagonista e hoje foi só o que me lembrei. Aliás, pensei em quanta sorte ele teve por esse momento. Felizes daqueles que a viram cantando ao vivo e em cores. E felizes de todos nós que tivemos o privilégio de desfrutar de tão incrível talento. A música boa é atemporal.

Helê disse...

obrigada por partilhar essa hiatória, Tina.

Mari Biddle disse...

Muito amor por essa historia. Obrigada por compartilhar, Tina.

Babi Dayrell disse...

Que historia linda! Que ela possa ter encontrado, onde quer que ela esteja, a paz que ela deu ao seu amigo naquele momento...

Patricia Scarpin disse...

História linda, Tina. E a foto dela também.

Eu não lido bem com morte, vc sabe. Nem sei o que dizer nessas horas.

chaverdecomlimao disse...

Ela tá muito linda nessa foto! eu gostava dela...