sábado, 24 de janeiro de 2009

Engrenando

Isso aqui tá chato mas daqui a pouco pega no tranco. Enquanto isso, tenho que contar como estou feliz com o presidente dos outros, o Obama. Não curti os vestidinhos da Michelle, mas gente, além de ser O charme - se ele fosse um ator de roliúdi interpretando um presidente americano a gente ia achar que forçaram a barra no charme - ele simplesmente mandou fechar Guantánamo, derrubou a proibição de financiamento pra instituições anti-aborto e abriu diálogo com o mundo árabe além de Israel (ok, eu não entendo nada dessas fronteiras, então tô indo na conversa dos articulistas por aí).
Interessante que criticaram o discurso de posse dele por não ter nenhuma frase boa, de efeito, como as de discursos históricos e blablabla. Como não? Quem esperaria de um AMERICANO que dissesse - "o mundo mudou e nós temos que mudar"??? Sim, é banal. Mas pra mim é novidade boa. Porque todos vocês aqui já sabem como tenho horror a gente convicta, certezas e afirmações contundentes. Obama disse, gente, temos que nos adaptar, não somos donos da verdade. Eu acho isso tão legal. Tô adorando ele. Ainda mais dançandinho...


2 comentários:

cris disse...

concordo, concordo. também não gostei dos vestidinhos da michelle, mas acho ela um mulherão! e ele, zenti, o que é esse hômi? você definiu com perfeição. e como eu também não entendo de política, vou na onda dos articulistas. (tô enlouquecendo por causa da tese!!!!) bjs

Patricia Scarpin disse...

Não consigo ver o vídeo aqui, querida, mas amei aquela hora que ele dançou batendo o quadril com a outra moça. O JOão disse que o nome do passo é cuti-cuti. :D