sexta-feira, 17 de junho de 2011

Como somos lembrados

Importo-me muito pouco com o que as pessoas pensam de mim - ou melhor, me importo muito com o que algumas pessoas acham. Mas imagino que todos tenham lá no fundinho uma curiosidade de saber se é uma pessoa marcante, se é lembrado, por que e em quais momentos. Como comentei no post abaixo, sei que quem trabalhou comigo lembra de minhas principais características nesse momento específico: procrastinadora pero competente. Responsável, faladeira. Mas tenho a impressão de que se alguém perguntar de mim: - Lembra a Tina Lopes, aquela? As pessoas vão franzir a testa e... "Ah, aquela que sempre mudava de cabelo?".

Ou ainda: "a mãe da Nina".

Esse post todo porque lembrei de um sujeito hoje - passando por links, vi seu nome - que ficou conhecido, entre Mr Lopes e eu, como "aquele cara que sempre roubava nossos isqueiros".


11 comentários:

Nalu A*) disse...

Tina, eu não sei se responde sua pergunta, mas outro dia, depois de ver o filme onde os fracos não tem vez, eu sonhei q tinha um serial killer atrás de mim. E de você. Ele queria pegar algumas pessoas e vc tava no sonho, imagina. Então se eu nunca te vi e já sonhei com vc, acho q sim, você é uma pessoa bem marcante :) Beijos

Caminhante disse...

Antigamente eu acharia a idéia legal, mas quando vi que as pessoas fingiam que não me encontraram pra não me convidar pra festa de 10 anos de faculdade, passei a ter medo de saber como me viam. Boa coisa não deve ser.

Bia, Desperate Housewife disse...

Sua linda. Gosto demais dos seus textos. Lembraria de vc como aquela uma qeu eu pensava totalmente inacessível no tuintos e que se mostrou uma amiga. É verdade mesmo, ñ é puxação de saco. E inacessível ñ por ser pedante etc, mas pq sei lá, tem a Tina e a turma da Tina (a Grazi, a Verô, o AndreV, a Cris etc), gente inteligente e eu achava que pessoas inteligentes ñ se dariam com gente pop demais como eu (pop no sentido de, ãhn, do povão, entende).
É isso.
Gostei do seu escri do post anterior ;o) e achei fofa a imagem das gatas embaixo da mesa.
Ri da sua irmã tb.
=o*

Mari Biddle disse...

Hello, sua linda!

Olha, pode fazer listinha das coisas e situações que me fazem lembrar de você?

E eu só te conheço virtualmente. Você é definitivamente muito marcante.

Beijos,

M.

Rita disse...

Que Tina?

Aquela, inteligente pra c***lho!

Ah! Putz, lembro demais, gente boa toda vida!

Pois é. E como mudava o cabelo, ne?

É verdade! E tinha uma filhota linda, uma figura!

Lembro, lembro bem.

Pois é, adoro ela.

Beijo
Rita

Anônimo disse...

no fundo acho que todos nós sabemos sim o que os outros pensam da gente.
beijão
madoka

Verônica disse...

você sempre será aquela que primeiro soube da Malu. aquela que fala besteira por dm comigo. aquela que me ajudou a entender meus pensamentos quando eu nem sabia que os tinha. e também aquela que me ouviu quando eu tava pra lá de deprimida.
eu achava que você nunca falaria comigo, que eu nunca faria parte da sua timelinda. tipo, você tava num olimpo que meus pés de barro nunca pensaram alcançar.
e pra essa tonta da Bia F. eu só digo uma coisa: gente inteligente é gente pop. afinal somos tudo povão, né? deusolivre de ser gente diferenciada.
beijo, sis.

Tina Lopes disse...

Ai, pqp vocês, fiquei com vergonha do post porque não tava querendo ganhar elogio! Juro! Mas adorei, hahahah <3

llq disse...

pretty good post. I lawful stumbled upon your blog and wanted to command that I get really enjoyed reading your blog posts. Any condition I’ ll be subscribing to your maintain and I hope you despatch again soon bridal jackets.

RICA disse...

e eu que sou a irmã da tina, filha da cida hahaha...caçula só se f.

deniseescreve disse...

ahhaahah
ai deus, que eu nunca seja lembrada assim! hahahah mas vai saber, né? eu acho que já fui tanta coisa...